16 de agosto






das 19h30
às 21h30








quinta-feira






Seth Siegelaub e o catálogo-exposição


Inscrições encerradas
Quer ser avisado das próximas turmas? cadastre-se na nossa newsletter no link contato.

O curador português Paulo Pires do Vale está de passagem pelo Brasil por conta da exposição Tarefas Infinitas no Sesc CPF e na Biblioteca Brasiliana Mindlin, e fará uma aula exclusiva na Casa Plana sobre o trabalho de Seth Siegelaub – curador, galerista, editor, coleccionador e investigador.

Seth Siegelaub (1941-2013), no final dos anos 60, transformou o catálogo num espaço expositivo, afirmando que o catálogo é a exposição. Envolvido no meio da arte conceitual, Siegelaub percebeu que o livro podia ser mais do que um suporte secundário, que podia tornar-se no veículo principal e primário, um meio que abria hipóteses inesperadas à noção de exposição, individual e coletiva – e mesmo à questão política e econômica da propriedade da obra de arte.

Bastava este gesto para Seth Siegelaub ficar na história da arte e da curadoria. Mas, fez mais, muito mais. Nisso que fez, os livros e as edições tiveram um lugar importante e permanente: ao editar livros de artistas; ao experimentar os limites do que poderia ser uma exposição; ao escrever, editar e divulgar propostas políticas e pugnar pelos direitos dos artistas; ao promover a investigação sobre o têxtil e ao recolher uma biblioteca e bibliografia de referência sobre esse tema. Uma proposta para refletir sobre a atualidade das suas propostas: o que é um catálogo? E o que é uma exposição?

O Xerox Book foi publicado em 1969 com participação dos artistas Carl Andre, Robert Barry, Douglas Huebler, Joseph Kosuth, Sol LeWitt, Robert Morris, Lawrence Weiner. Seth Siegelaub e John Wendler o conceberam como uma exposição em forma de livro: Siegelaub convidou os sete artistas titulares para apresentar projetos de 25 páginas criados para serem reproduzidos pela então nova tecnologia da fotocópia. No entanto, a fotocópia se mostrou muito cara na época, e o livro foi impresso em uma impressora offset tradicional.



Paulo Pires do Vale é professor, ensaísta, curador e atua como presidente da Associação Internacional de Críticos de Arte - Portugal. É licenciado e Mestre em Filosofia pela FCSH - Universidade Nova de Lisboa. Dá aulas na Universidade Católica Portuguesa e na Escola Superior de Educadores de Infância Maria Ulrich.










 ︎ anterior   ︎    próximo ︎   
©2018. Casa Plana All rights reserved.